26 de jun de 2010

tudo X nada


Alguns motivos me levam a pensar: o que se passa na cabeça de uma pessoa, a partir do momento em que ela decide “ser quem é”? De legal, pra fútil. De amiga, pra conhecida. E de amor, pra pena. É isso que eu sinto de pessoas assim. Que ontem teve tudo, e hoje não tem nada.
Ontem tinha amizades sinceras, de pessoas que realmente a amavam. E hoje, passa despercebida por essas consideradas “amigas” e não lembra o nome. Larga tudo pra viver numa vida de ilusões, onde o dinheiro é o que separa os tais “amigos” por níveis.
Ricos. Mais ricos. Podres de ricos.
São assim que eles são separados, e a partir de seus níveis que ganham a atenção merecida. E a cada semestre, conhece algum melhor amigo novo, mais rico, e troca tudo por ele.
Jura a própria vida, se divertem, trocam presentes, dividem segredos, vivem tudo que uma verdadeira amizade permite. Menos uma coisa, que é a mais importante: a eternidade.
Mais algum tempo e outra pessoa toma o lugar de quem, até então, estava no topo.
Nada explica essa mudança imediata, de uma vida rica de sentimentos, para uma vida rica de poder, luxo, inimizades, brigas, etc.
Pra quê ter um relógio de marca, se as horas passam mais depressa quando os bons momentos não são bem aproveitados com boas amizades?
Pra quê estudar em uma escola cara, se é na vida que se aprende o mais importante? Que é o caráter.
Pra quê ter tudo, e ao mesmo tempo não ter nada?
Pra quê fingir que é, se na verdade não passa de uma pessoa normal?
Aonde que esse mundo vai parar? Aonde foi parar a consciência das pessoas, que ao invés de dá valor a coração, se importa mais com a conta bancária e bens materiais?

22 de jun de 2010

silêncio assustador,


Não se isole nesse seu mundo, sozinho.
Deixe-me entrar e fazer-te companhia.
Deixe-me ser sua companhia, deixe-me te ter por um segundo.
Posso te contar uma história, se isso não te incomoda.
Ou será que você prefere que eu cante uma música?
Histórias nem sempre tem um final feliz, e isso pode fazer-te deprimir mais.
Mas músicas também podem ser tristes, não preferes que eu toque uma melodia ao violão?
Ou a melodia também pode te fazer triste por ser lenta demais?
Escute, podemos conversar sobre o que você quiser.
Ou prefere o silêncio?
O silêncio é assustador, não achas? Gosta dele mesmo?
Poderemos ficar assim até quando você quiser.
Apenas ouvindo a batida de nossos corações, e o descompassar de nossas respirações.

18 de jun de 2010



Eu poderia escrever mil coisas para te falar do meu amor.
Mas palavras são poucas perto de todos os meus sentimentos.
Eu gostaria de te dar todas as palavras do mundo. Mas você mereceria mais.
Muito mais do que eu posso te proporcionar.
Muito mais do que qualquer ser poderia criar.
Tudo que há de mais concreto até hoje, não chega aos pés de tal sentimento.
Você não é capaz de ver, tocar e sentir.
E muito menos sentir o mesmo por mim.
Mas eu só queria que um dia você me chamasse, quando precisar de algo, de alguém.
Não precisa chamar meu nome, só basta me olhar.
Eu sentirei a tristeza em seu olhar e correrei para te ajudar.
E estarei aqui pra tudo, pra sempre.
Estarei com todas essas toneladas de palavras que jamais poderão descrever meus sentimentos.
Estarei também a te esperar, mesmo que você nunca volte.

10 de jun de 2010

Com amor, ao CLG.


Um anjo perfeito, de beleza indescritível.
Apareceu na minha vida pra melhorar tudo, e acabar com tudo de vez.
Meu amor, porque insistes em ficar longe?
Não vê que eu estou aqui? A suplicar para que volte e digas “Obrigado”?
Você não sabe nada da minha vida, mas eu sei tudo da tua.
Pode parecer estranho, mas é de você que vivo.
É da tua alegria que me alimento, e do teu sorriso que respiro.
Vivo a te admirar, e jamais te abandonarei, meu anjo.
És pra mim algo que jamais ninguém será, e sempre te colocarei em primeiro lugar em tudo.
Capaz eu seria de gravar teu nome em minha pele, e não deixaria o tempo te levar.
Eu não consigo mais ficar sem você aqui.
Lembro-me de tuas doces palavras, que guardadas ficarão em minha memória, em meu coração: ‘Pow, não precisava se preocupar’.
Agradeço a Deus por um dia ter te descoberto, e por um momento, te ter tão perto.
Desculpe-me se algum dia eu fracassei e tentei desistir, é que talvez eu não tenha me alimentado bem do seu sorriso.
Minha admiração por ti cresce a cada dia, mas acho que isso todos já sabem, meu anjo.
Espero voltar a ter-te ao meu lado em breve, pois não me disseram que a saudade doía tanto.
Certeza eu tenho que tu não leras isso, pois estás ocupado demais com a sua vida.
E eu, que aqui escrevo, não tenho com o que me ocupar, pois minha vida está ocupada com outras coisas.
Minha vida é você.

Post dedicado ao anjo que apareceu em minha vida. Obrigada por estar sempre lá quando eu precisei de um motivo para sorrir.
Te amo demais, meu anjo.
Conrado Lancerotti Grandino.

5 de jun de 2010

É só você perceber...


Quando você vai descobrir, que só eu posso te fazer feliz?
Quando você vai perceber, que nós nascemos pra ficarmos juntos?
Espero que em breve, pois não agüento mais te ter tão perto e tão longe...
Eu prometo fazer-te feliz e jamais te magoar.
Eu juro que vou te amar como ninguém jamais te amou.
E também irei te consolar nas tuas fraquezas, te darei forças e amor o suficiente pra você superar tudo.
Vou te fazer sorrir quando você não conseguir.
Pois minhas forças vêm de seu sorriso, de sua alegria.
Buscarei a Lua para ti, e trarei algumas estrelas, para iluminar sua escuridão.
Eu posso ser a sua estrela, se você quiser...
Eu posso ser tudo, eu posso ser sua.
É só você perceber... Será que você não consegue ver?