31 de mai de 2010

the verbs.


Goste. Lembre. Esteja. Precise. Espere. Volte. Pense. Escreva. Acorde. Sonhe. Beije. Duvide. Sinta. Distraia-se. Esqueça. Entristeça. Saiba. Tenha. Ria. Chore. Tente. Apague. Apaixone-se. Ame. Prove. Voe. Caia. Segure. Entenda. Passe. Analise. Inveje. Brigue. Deixe. Compreenda. Vá. Consiga. Liberte-se.

Mas de uma coisa eu gostaria que você sempre lembre: eu estarei sempre aqui pra o que você precisar. Esperarei aqui até quando você voltar.
E mesmo que você pense nela, escreva para ela, acorde com ela, sonhe com ela, beije ela e esteja sempre com ela... Nunca duvide do que sinto e do que sou capaz. Eu me distraio perto de você, esqueço de tudo e me entristeço ao saber que não te tenho. Mas rio ao pensar no teu sorriso. E quando penso, choro e tento apagar-te da minha mente.
Apaixone-se por ela, mas ninguém nunca vai te amar como eu amo. Posso te provar, até posso voar. Mas por favor, quando eu cair, segure a minha mão. Entenda que eu passo todo o tempo te analisando. Eu a invejo e até brigaria, se você deixar.
Mas compreenda: você não vai conseguir libertar-se dos meus pensamentos.

26 de mai de 2010

E de todas as coisas que eu...

E de todas as coisas que eu desejo, você é a que mais quero...
E de todas as coisas que eu quero esquecer, você é a que eu mais quero lembrar...
E de todas as coisas que eu odeio, eu sou a mais odiada, por te querer sempre mais...
E de todas as coisas que eu preciso, você é a que mais necessito...
E de todas as coisas que eu vejo, você é a única que enxergo...
E de todas as coisas que eu sinto, você é o sentimento mais concreto...
E de todas as coisas que eu não tenho, você é a que está mais distante de me pertencer...
E de todas as coisas que eu... você é a única pessoa que eu amo...
E de todas as coisas que eu suplico, você é por quem me ajoelho...
E de todas as coisas que eu choro, você é por quem soluço...
E de todas as coisas que me fazem escrever, você é a de maior inspiração.

25 de mai de 2010

Você.


E todas as vezes que eu neguei um ombro pra chorar, eu fingi.
Eu precisava, mas não de qualquer um. Do seu.
Mesmo antes de te conhecer, era dele que eu precisava.
E hoje, ao te ver assim cada vez mais perto, fecho os olhos e imagino.
Imagino todas as coisas que eu gostaria que acontecesse.
Teus olhos eu tenho como uma luz na escuridão.
Teu sorriso me vem como resposta para todas as minhas dúvidas.
E teus pensamentos, eu vejo como um mistério que eu preciso desvendar.
Preciso saber o que se passa nele, para tirar minhas dúvidas.
As únicas respostas que não encontro no teu sorriso.
Te vejo perto demais, mas talvez você esteja tão perto, que não posso te tocar.
Essa distancia quase nula, talvez esteja nos afastando... e você não percebe.
Não percebe que eu preciso de você, apenas isso. E seria mais fácil se eu conseguisse te mostrar. Mas não dá.
Não na frente ‘deles’.
Mais um momento, eu peço. Espere. Você não pode ir agora.
Não afaste-se, te peço novamente.
Você voltará amanhã, não é? – “Sim” – minha mente vai além.
“OK, te espero” – imagino.
... E se foi...
Mesmo sabendo que amanhã irei te ver, dói.
Dói porque eu não vou te ter, e mais uma vez, negarei um ombro pra chorar.
Pois o que eu quero, está perto demais para saber disso.

23 de mai de 2010

...

E a tua voz soou como música para meus ouvidos.
Ecoou e me fez esquecer de respirar.
Sensação boa, essa. Saber que agora eu ouvi tua voz direcionada a mim, e não a outras.
Mesmo para tantos sendo besteira, pra mim importa.
Importa porque era tudo que eu mais queria.
Sonhei com isso.
Desejei isso.
E agora eu tive isso.
Tive e desejarei mais ainda, que tudo se repita.
E que seja melhor, obrigada.
Mas agora me diz: você sabe que tem esse efeito sobre mim?
Não, mas deveria saber.
Acho injusto essa nossa brincadeira, onde só eu tenho esses sentimentos estranhos.
Estranhos porque eu não sei o que é, mas gostaria de saber.
Será que você não percebe meus olhares quando passa por mim?
Eu poderia apostar que todos sabem.
Acho indiscreta a maneira como te observo, mas eu não tenho culpa.
Eu simplesmente não consigo controlar.
Desculpa.
Mas eu queria explicações.
Sim, explicações. Porque você parece sempre estar procurando alguém quando passa perto de mim?
E quando me vê, disfarça e para de procurar essa pessoa?
Daria tudo pra saber quem tanto você procura.
Daria tudo pra ter você.

10 de mai de 2010

Te ver, te ter.

Vejo-te chorar e me sinto mal.
Vejo-te rir e me sinto pior.
Sinto-me pior porque tu estás rindo ao lado de uma garota.
E essa garota não sou eu.
Admiro-a pela sorte que tem. Imagina só, ter você sempre por perto?
Ah, como eu queria ser ela por pelo menos alguns segundos.
Apenas pra sentir teu cheiro e poder guardá-lo, para sorrir ao lembrar que eu não sou ela, e que não sou eu quem te faz sorrir.

5 de mai de 2010

O que você vai ser quando crescer?



O que você quer ser quando crescer?
Essa é uma pergunta que você cansou de ouvir.
E a resposta sempre é a mesma: médica, engenheira, jornalista, advogada, juíza, veterinária, etc.
Mas a pergunta que eu te faço é: O que você vai ser quando crescer?
Já pensou por esse outro lado?
Porque quando desejamos algo, temos que manter a positividade e acreditar que tudo que desejas, irá acontecer. Você realmente vai ser médica, engenheira, jornalista, advogada, juíza, veterinária, etc.
Lute, você consegue. Acredite, você é capaz. E jamais desista, isso deixe pra os fracos.
O seu futuro não está escrito em algum lugar. Está em aberto, para você mesmo escrever. Suas atitudes de hoje, refletem no amanhã.

1 de mai de 2010

My happiness is you!

Onde foi parar minha felicidade?
Eu juro que deixei aqui, nesse exato lugar. Não toquei nela faz tempo, e agora, quando vou procurar, cadê? Ela sumiu.
Minha felicidade sumiu e eu não consigo encontrar.
Acho que você levou embora quando se foi, volta com ela, por favor. Acho que eu também mereço ser feliz. Acho não, tenho certeza.
Para de ser egoísta, e me devolve o que é meu.
Sim, ela é minha. A felicidade é minha e você levou embora. E agora, tu és feliz duas vezes, porque tens a minha e a tua. Vamos parar com essa brincadeira, onde você tem tudo e eu não tenho nada?
Já cansei de me sentir vazia, sem te ter ao meu lado. Vamos, colega, me devolve minha felicidade. Eu só quero o que é meu.
Juro que depois que eu tiver ela em mãos, eu te deixo partir.
Não, eu não posso te deixar partir, porque minha felicidade depende de você.
E agora eu entendi, a minha felicidade é você.
Ela não existe em um lugar onde você não está. E agora que já deixei isso bem claro, eu aceito ela de volta, mas, por favor, não esquece de que ela não funciona sem você aqui.
Vamos nos unir em um só, você e sua felicidade e eu e minha felicidade. Podíamos ser felizes juntos, quem sabe?
Mas eu não te desejo. Eu só te quero por perto, porque te tenho como um anjo.
Um anjo que me protege dos sonhos ruins e me desvia do perigo.
Tu és um anjo pra mim, e sei que independente do tempo, um dia vou te reencontrar e tu vai me devolver minha felicidade, nem que seja por alguns minutos.
Eu não tenho paz sem você aqui.