3 de mai de 2011

11/04/2011


Feliz aniversário para o único que me faz feliz e triste ao mesmo tempo, rir e chorar na mesma hora. Uma contradição imensurável, onde eu o amo por tudo e odeio-o por tanto amor. O orgulho que tenho por meu sentimento é o mesmo da saudade que me faz querer esquecer. E a distância que é quase nula quando com ele sonho, é maior que todo universo quando caio na realidade. Realidade essa que me faz querer desistir, não amar mais, deixar tudo de lado e parar de sonhar. Mas o que serei sem meu sonho? O que mais me faria sorrir se não a certeza de que um dia ainda terei aquele abraço tão forte e sincero? Pra onde iria a esperança de que tudo iria ficar bem quando eu corresse atrás?


- texto escrito em 11/04/2011, postado em 03/05/2011 por motivo de preguiça da autora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sweets reviews.